Passatempos

Para além dos passatempos banais, como ver filmes e séries televisivas, destaco duas paixões: interpretação e fotografia.

A minha paixão pela interpretação surgiu na minha juventude, em 2003, quando eu iniciei o meu percurso artístico no teatro amador. Apesar de ter alguma formação e experiência profissional, não me considero ator.
E a paixão pela fotografia surgiu com o cinema porque comecei a ver o mundo de uma forma diferente. Não tenho equipamento profissional e nem me considero fotógrafo mas gosto de fotografar.